7ª Vara Cível da Capital
ModalidadeOnline
Local do leilão
TipoAberturaFechamentoLance Inicial
1ª Praça02/03/20 15:0005/03/20 15:00Vide rel. de lotes
2ª Praça05/03/20 15:0027/03/20 15:00Vide rel. de lotes

7ª Vara Cível

 

7º Ofício

 

Edital de 1ª e 2ª Praça de Bem Imóvel e para Intimação dos executados REZENDE E ISIDORO ADVOGADOS ASSOCIADOS, CNPJ Nº 00.592.111/0001-34; URSOLINO DOS SANTOS ISIDORO, CPF Nº 033.823.458-33; CLEIDEMAR REZENDE ISIDORO, CPF Nº 387.246.938-04, dos credores hipotecários Banco do Brasil S/A, CNPJ nº 00.000.000/0001-91; LDG Empreendimentos Imobiliários Ltda., CNPJ nº 49.469.356/0001-68, e demais interessados, expedido nos autos da Ação de Cumprimento de Sentença, requerida por LUCIANO PIROCCHI, CPF nº 021.517.608-12Processo nº 0155498-76.2006.8.26.0100/01

 

O Dr. Antônio Carlos de Figueiredo Negreiros, Juiz de Direito da 7ª Vara Cível da Capital, na forma da Lei, etc. ... FAZ SABER aos que o presente edital de 1ª e 2ª Praça de bem imóvel virem ou dele conhecimento tiverem e interessar possa, que na forma do art. 879, II, do NCPC, regulamentado pelo Provimento 1625/2009, através do gestor judicial homologado pelo Tribunal de Justiça www.faroonline.com.br, sob o comando do leiloeiro oficial Renato Morais Faro, JUCESP nº 431, no dia 02/03/2020, às 15:00 horas, terá início a 1ª praça e se estenderá por três dias subsequentes, encerrando-se em 05/03/2020, às 15:00 horas, sendo entregue a quem mais der igual ou acima da avaliação, sendo entregue a quem mais der igual ou acima da avaliação, sendo que, em não havendo licitantes, abrir-se-á a 2ª praça que terá início imediatamente após o fechamento da primeira, e se encerrará no dia 27/03/2020, às 15:00 horas, para o 2º Leilão, ocasião em que os referidos bens serão entregues a quem mais der, não devendo ser aceito lance inferior a 50% da avaliação atualizada. Pelo presente edital, ficam intimados os executados, se não intimados pessoalmente ou na pessoa de seus advogados e os demais interessados. CONDIÇÕES DE VENDADOS LANCES: O presente Leilão será efetuado na modalidade “ON-LINE”, sendo que os lances deverão ser fornecidos através de sistema eletrônico do gestor www.faroonline.com.br e imediatamente divulgados on-line, de modo a viabilizar a preservação do tempo real das ofertas. Não será admitido sistema no qual os lanços sejam remetidos por e-mail e posteriormente registrados no site do gestor, assim como qualquer outra forma de intervenção humana na coleta e no registro dos lanços DO PAGAMENTO: O Arrematante deverá depositar no prazo improrrogável de 24 horas o valor do lance vencedor através da guia de depósito judicial a ser obtida no site www.bb.com.br. PARCELAMENTO: De acordo com o art. 895, I e II, e parágrafos, do NCPC, os interessados em adquirir o bem de forma parcelada, poderão pedir o parcelamento por escrito, até o início do primeiro leilão, desde que a proposta não seja inferior ao valor da avaliação, e até o início do segundo leilão, desde que o valor da proposta não seja menor que 50% do valor da avaliação, ficando claro que do requerimento deverá constar oferta de pagamento de pelo menos 25% do valor do lance à vista, e o restante parcelado em até 30 meses, garantido por caução idônea, quando se tratar de móveis, e por hipoteca do próprio bem, quando se tratar de imóveis. De todas as propostas deverão constar prazo, modalidade, indexador de correção monetária e condições de pagamento do saldo. Deve, ainda, constar da proposta que o interessado declara estar ciente da multa de 10% sobre a parcela inadimplida somada às parcelas vincendas (art. 895, §4º), bem como que em caso de inadimplemento declara estar ciente sobre a possibilidade de o exeqüente pedir a resolução da arrematação ou a cobrança do valor em aberto nestes mesmos autos (art. 895, §5º)Observa-se, ainda, que a proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parceladoDA COMISSÃO DO LEILOEIRO: A comissão do leiloeiro será de 5% (cinco por cento) sobre o valor de arrematação, a ser paga pelo arrematante no prazo de até 24 horas após o leilão através de depósito bancário.DO AUTO DE ARREMATAÇÃO: Após a efetiva liquidação dos pagamentos acima, o auto de arrematação será assinado pelo Juiz. IMISSÃO NA POSSE: O arrematante providenciará perante o Juízo competente a imissão na posse. DA ADJUDICAÇÃO: Caso o exequente venha a adjudicar os bens ficará igualmente responsável pelo pagamento da comissão do Leiloeiro sobre o valor da avaliação. DA REMIÇÃO: Na hipótese de remição da execução, após a publicação do edital, os devedores pagarão a comissão do gestor judicial de 3% (três por cento), sobre o valor de avaliação dos bens, para cobertura de todos os dispêndios, acrescido de todos os encargos previstos, devendo apresentar os pagamentos ao gestor judicial conjuntamente com a petição, fazendo expressa menção à remição da execução, caso em que não deverá fazer uso do protocolo integrado. ACORDO: Caso seja realizado acordo entre as partes após a publicação do edital, as partes arcarão com as custas de leilão, devendo constar da minuta de acordo. FALE CONOSCO: Eventuais dúvidas poderão ser esclarecidas no escritório do leiloeiro, na Rua Silveira Martins, 70, 9º andar, Centro - São Paulo/SP, ou ainda, pelo telefone (11) 3105-4872 - email: [email protected] LOTE 1: imóvel situado na Rua Sebastião do Rego, 177, na Vila Nova Gumercindo, na Saúde, 21º Subdistrito, composto por um prédio e respectivo terreno, medindo 4,00ms, de frente, por 27,00ms, da frente aos fundos, em ambos os lados, tendo nos fundos a largura de 4,00ms, encerrando a área total de 108,00ms², confrontando do lado direito de quem do imóvel olha para a rua, com o prédio 171, da mesma rua, antes com quem de direito, do lado esquerdo com o prédio 179, da mesma rua, antes com quem de direito, e nos fundos com propriedade de Miguel Saleme. Imóvel matriculado sob o nº 9.857, do 14º Cartório de Registro de Imóveis de São Paulo, contribuinte nº 046.026.0037-9. De acordo com o laudo de avaliação constante dos autos o imóvel está localizado em Zona Mista – ZM, nos termos da Lei 16.402 de 22 de março de 2016. VALOR DA AVALIAÇÃO: R$460.000,00 (quatrocentos e sessenta mil reais), conforme laudo de fls., constante dos autos, datado de junho/2018. VALOR DA AVALIAÇÃO ATUALIZADO PELO TJ/SP PARA outubro/2019: R$482.864,00 (quatrocentos e oitenta e dois mil, oitocentos e sessenta e quatro reais)Obs.1: Consta do R. 03 da referida matrícula hipoteca cedular de primeiro grau e sem concorrência de terceiros ao Banco do Brasil S/A, CNPJ nº 00.000.000/0001-91; Obs. 2: Em consulta ao site da Prefeitura SP constam débitos de IPTU para o exercício atual no valor de R$215,96, em 15/10/19, e Dívida Ativa no valor de R$2.364,68, em 15/10/19. LOTE 2: Conjunto nº 73, no 9º pavimento, 7º andar do Edifício Ibirapuera, situado à Rua Sete de Abril, nº 400, 404, e 410, no 7º Subdistrito – Consolação, com área construída de 68,85m², e corresponde a fração ideal de 1,44% nas coisas comuns e no terreno. Imóvel pertencente a matrícula nº 28.817, do 5º Cartório de Registro de Imóveis de São Paulo, contribuinte nº 006.008.0084-9. De acordo com o laudo de avaliação constante dos autos, o imóvel esta localizado em zona de centralidade – ZC, nos termos da Lei 16.402, de 22 de março de 2016. O condominio não possui vagas de estacionamento, o imóvel avaliado não possui vaga de garagem. A unidade avaliada trata-se de escritório, subdividido em recepção e três salas, copa, e banheiro com duas cabines. VALOR DA AVALIAÇÃO: R$216.000,00 (duzentos e dezesseis mil reais), conforme laudo de fls., constante dos autos, datado de janeiro/2019. VALOR DA AVALIAÇÃO ATUALIZADO PELO TJ/SP PARA outubro/2019: R$221.674,00 (duzentos e vinte e um mil, seiscentos e setenta e quatro reais). Obs.1: Consta do R. 09 da referida matrícula única e especial hipoteca à LDG Empreendimentos Imobiliários Ltda., CNPJ nº 49.469.356/0001-68, e Aditamento em para dilação de prazo em Av. 11 da referida matrícula; Obs. 2: Em consulta ao site da Prefeitura SP constam débitos de IPTU para o exercício atual no valor de R$1.904,07, em 15/10/19, e Dívida Ativa no valor de R$5.730,14, em 15/10/19. Obs. 3:Conforme informação encaminhada por e-mail pelo administrador do condomínio, datada de 16/10/19, não há débitos para a unidade. OBSERVAÇÕES GERAIS: TAXAS E IMPOSTOS: Eventuais taxas ou impostos incidentes sobre o bem correrão por conta do arrematante ou adjudicante, com exceção dos débitos do § único do artigo 130 do CTN, que se sub-rogam sobre o preço dos bens. Será o presente edital, afixado e publicado na forma da lei. Eu __, escrevente conferi. Eu _, coordenador subscrevi. São Paulo,  de  de   . 

Dr. Antônio Carlos de Figueiredo Negreiros

Juiz de Direito

imóvel na Rua Sebastião do Rego 177

Lote 001: imóvel na Rua Sebastião do Rego 177

Valores atualizados

Avaliação482.864,00
Lance mínimo482.864,00
Incremento500,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas150

Imóvel situado na Rua Sebastião do Rego, 177, na Vila Nova Gumercindo, na Saúde, 21º Subdistrito, composto por um prédio e respectivo terreno, medindo 4,00ms, de frente, por 27,00ms, da frente aos fundos, em ambos os lados, tendo nos fundos a largura de 4,00ms, encerrando a área total de 108,00ms², confrontando do lado direito de quem do imóvel olha para a rua, com o prédio 171, da mesma rua, antes com quem de direito, do lado esquerdo com o prédio 179, da mesma rua, antes com quem de direito, e nos fundos com propriedade de Miguel Saleme. Imóvel matriculado sob o nº 9.857, do 14º Cartório de Registro de Imóveis de São Paulo, contribuinte nº 046.026.0037-9. De acordo com o laudo de avaliação constante dos autos o imóvel está localizado em Zona Mista – ZM, nos termos da Lei 16.402 de 22 de março de 2016. VALOR DA AVALIAÇÃO: R$460.000,00 (quatrocentos e sessenta mil reais), conforme laudo de fls., constante dos autos, datado de junho/2018. VALOR DA AVALIAÇÃO ATUALIZADO PELO TJ/SP PARA outubro/2019: R$482.864,00 (quatrocentos e oitenta e dois mil, oitocentos e sessenta e quatro reais)Obs.1: Consta do R. 03 da referida matrícula hipoteca cedular de primeiro grau e sem concorrência de terceiros ao Banco do Brasil S/A, CNPJ nº 00.000.000/0001-91; Obs. 2: Em consulta ao site da Prefeitura SP constam débitos de IPTU para o exercício atual no valor de R$215,96, em 15/10/19, e Dívida Ativa no valor de R$2.364,68, em 15/10/19.

Conjunto nº 73 no Edif. Ibirapuera

Lote 002: Conjunto nº 73 no Edif. Ibirapuera

Valores atualizados

Avaliação221.674,00
Lance mínimo221.674,00
Incremento20,00

Resultado parcial

Maior lance-
Usuário-
Visitas111

Conjunto nº 73, no 9º pavimento, 7º andar do Edifício Ibirapuera, situado à Rua Sete de Abril, nº 400, 404, e 410, no 7º Subdistrito – Consolação, com área construída de 68,85m², e corresponde a fração ideal de 1,44% nas coisas comuns e no terreno. Imóvel pertencente a matrícula nº 28.817, do 5º Cartório de Registro de Imóveis de São Paulo, contribuinte nº 006.008.0084-9. De acordo com o laudo de avaliação constante dos autos, o imóvel esta localizado em zona de centralidade – ZC, nos termos da Lei 16.402, de 22 de março de 2016. O condominio não possui vagas de estacionamento, o imóvel avaliado não possui vaga de garagem. A unidade avaliada trata-se de escritório, subdividido em recepção e três salas, copa, e banheiro com duas cabines. VALOR DA AVALIAÇÃO: R$216.000,00 (duzentos e dezesseis mil reais), conforme laudo de fls., constante dos autos, datado de janeiro/2019. VALOR DA AVALIAÇÃO ATUALIZADO PELO TJ/SP PARA outubro/2019: R$221.674,00 (duzentos e vinte e um mil, seiscentos e setenta e quatro reais). Obs.1: Consta do R. 09 da referida matrícula única e especial hipoteca à LDG Empreendimentos Imobiliários Ltda., CNPJ nº 49.469.356/0001-68, e Aditamento em para dilação de prazo em Av. 11 da referida matrícula;Obs. 2: Em consulta ao site da Prefeitura SP constam débitos de IPTU para o exercício atual no valor de R$1.904,07, em 15/10/19, e Dívida Ativa no valor de R$5.730,14, em 15/10/19. Obs. 3: Conforme informação encaminhada por e-mail pelo administrador do condomínio, datada de 16/10/19, não há débitos para a unidade. OBSERVAÇÕES GERAIS:TAXAS E IMPOSTOS: Eventuais taxas ou impostos incidentes sobre o bem correrão por conta do arrematante ou adjudicante, com exceção dos débitos do § único do artigo 130 do CTN, que se sub-rogam sobre o preço dos bens. Será o presente edital, afixado e publicado na forma da lei.