3ª VARA DE REC. E FALÊNCIAS DE SP

ModalidadePresencial / Online
Local do leilãoauditório sito à Rua Silveira Martins, 70, 9º andar, Centro São Paulo ,SP
Praça Única
AberturaFechamentoLance Inicial
19/02/202012/03/2020R$ 331.983,94

3ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro da Capital/SP 

3ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro da Capital/SP 

A Drª Adriana Bertier Benedito  Juiza de Direito da 3ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais de São Paulo na forma da lei, etc....Faz Saber, aos que o presente Edital virem ou dele conhecimento tiverem e interessar possa, que por este Juízo processam se os autos  nº 0601093-53.1994.8.26.0100, relativamente à Falência de Usina Colombina Ltda , tendo sido designado leilão público eletrônico/presencial do bem abaixo descrito, que será encerrado no dia 12 de março de 2020 a partir das 14:30h, no sítio eletrônico www.faroonline.com.br, concomitantemente ao leilão físico/presencial designado para o mesmo dia e horário que será realizado no auditório sito à Rua Silveira Martins, 70, 9º andar, Centro São Paulo ,SP, onde e quando será feita a venda pelo maior lance oferecido desde que superior a 50% da avaliação, ficando o maior lance recebido abaixo deste valor  condicionado a posterior homologação pelo MM. Juízo responsável. O leilão eletrônico em questão terá início em 19/02/2020 às 14:30h, a partir de quando serão aceitos lances de interessados previamente cadastrados no site www.faroonline.com.br. Os participantes do leilão via Internet concorrerão em igualdade de condições com os participantes do leilão físico/ presencial. Pelo presente edital, ficam intimados os falidos,  credores, eventuais ocupantes dos imóveis  se não intimados pessoalmente ou na pessoa de seus advogados. CONDIÇÕES DE VENDADOS LANCES: O presente Leilão será efetuado na modalidade mista “ON-LINE/PRESENCIAL”, sendo que os lances deverão ser fornecidos através de sistema eletrônico do gestor www.faroonline.com.br ou presencialmente no auditório por ele indicado e imediatamente divulgados on-line, de modo a viabilizar a preservação do tempo real das ofertas. DO PAGAMENTO: Serão aceitos lances para pagamento à vista e a prazo: À vista: Pagamento do valor total da arrematação em até 24 (vinte e quatro) horas contadas a partir do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial no Banco do Brasil em favor do juízo da 3ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais. A prazo: 25% (vinte por cento) do valor total da arrematação em até 24 (vinte e quatro) horas contadas a partir do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial no Banco do Brasil em favor do juízo da 3ª Vara de Falências e recuperações Judiciais da Capital e o restante em até 08( oito) parcelas mensais e sucessivas atualizadas com base na tabela do Tribunal de Justiça/SP .O maior lance será o vencedor, independente da forma de pagamento (à vista ou a prazo).  DA COMISSÃO DO LEILOEIRO: A comissão do leiloeiro será de 5% (cinco por cento) sobre o valor de arrematação, a ser paga pelo arrematante no prazo de até 24 horas após o leilão, através de depósito bancário, A comissão devida ao leiloeiro não está incluída no valor do lance. O leilão será conduzido pelo Leiloeiro Oficial Ronaldo Sérgio Montenegro Rodrigues Faro, inscrito na Junta Comercial do Estado de São Paulo sob nº 191, à quem será devida pelo arrematante a comissão de 5% (cinco por cento) sobre o valor do lance. Descrição do bem: LOTE ÚNICO: Uma área de terras, parte da Fazenda Pombal, situada no Município de Pilar do Sul, medindo 234,20 hectares ( há) ou 96,77 alqueires paulistas, inscrita no INCRA sob nº 637.050.004.758 9, utilizada para fins de reflorestamentro com incentivo que foi proporcionado anteriormente pelo Governo Federal, devidamente descrito nas matriculas 875,876,877 e 878, do CRI de Pilar do Sul assim descritas: Matrícula 875: Lote de terras sem benfeitorias , com área de 84, 70ha (35 alqueires, situado na Fazenda Pombal, neste município e comarca, com as seguintes divisas: Começa na estaca na beira da estrada que vem de Pilar do Sul, segue por esta até encontrar a divisa de Guiti Watanabe, faz a esquerda e segue sempre dividindo com Guiti Watanabe, até a água Boa por esta água, até encontrar divisa de yokio Sugira e Naoki Yamaguchi, segue até encontrar divisas dos primitivos vendedores e por esta acima até encontrar a estaca na beira da estrada onde começou. Inscrição Cadastral INCRA 637.050.004.75; Matricula 876: lote de terra de 48,4 há, sem benfeitorias, situado na Fazenda Pombal, neste município e comarca, com as seguintes divisas: Começa na divisa de Kamematsu Sakurai, segue ate uma mina d’água, daí a direita acompanhando a água do Rio Pó, até encontrar o Ribeirão Claro, sobe por este Ribeirão dividindo com Minoru Kawauti e Yokio Sugira até o ponto de partida. cadastrado no INCRA sob nº 637.050.004.731; OBS 01 segundo Av.01 da referida matrícula consta servidão perpétua de passagem em favor de Furnas Centrais Elétricas; MATRICULA 877 : lote de terras, sem benfeitorias, de 16,94 há, , situado na Fazenda Pombal, neste município e comarca, com as seguintes divisas: Começa no Ribeirão do Claro, sobe por este até encontrar a água boa, dividindo com Guiti Watanabe, sobe água boa até encontrar a divisa de kamimatsu Sakurai,; faz canto à direita, dividindo com Minoru Kawauti, até o Ribeirão do Claro, sobe por este ponto até o ponto de partida, Cadastrado no INCRA 637.050.004.740; MATRÍCULA 878: lote de terra de 16,94 há, sem benfeitorias, situado na Fazenda Pombal, neste município e comarca, com as seguintes divisas: Começa no Ribeirão Claro na divisa de Kaori Yamagutti, segue até encontrar a divisa de Yokio Suguira, faz canto à esquerda até encontrar a água do Ribeirão Claro e desce até o ponto de partida. Cadastrado no INCRA sob nº 637.050.004.162. MATRÍCULA 879: Imóvel com área de 67,22,76 há, ou sejam, 27 alqueires, ¾ e 726,00 m², situado no bairro de Pombal , antiga Fazendo pombal, neste Munícpio e Comarca, com as divisas e confrontações seguintes: partindo da confluência da Agua Boa, com o Ribeirão Claro, segue por estes ribeirão até a embocadura do córrego B; daí segue este córrego acima a cabeceira e depois pela grota seca até a cabeceira da mesma grota, onde se acha o marco 44; daí segue uma linha reta com azimuth de 37°75” SO, 275,00 m até o marco 51; aí deflete a direita e segue uma linha reta , com azimuth de 58° 50” S O, 100,00 até marco 33 , na beira da estrada confrontando até ai com o lote nº 1 A; daí segue 100,00 m pela estrada para a direita até o marco 55, confrontando com o lote nº 2D; daí segue por uma linha reta com azimuth de 35° NE , 390 m até o marco 42-a; daí deflete para a esquerda e segue por uma linha reta com o azimuthde 9° 60” NO, 254,00 mm até o marco 42, cravado na cabeceira de um pequeno córrego; daí segue por esse córrego abaixo até a sua confluência com o Ribeirão Claro, ponto de partida confrontando aí até ai com o lote  ; daí   Segundo o laudo Cde avaliação o reflorestamento foi colhido há muitos anos, não tendo havido novos investimentos e nem mesmo preservação da área, que com o crescimento da vegetação nativa, transformou-se em área de preservação ambiental, portanto, proibida de ser manipulada  com o corte de sua vegetação. Ainda segundo o perito a única utilidade da área é para investidores que tem em vista incentivos fiscais. Em época de chuvas à área se torna inacessível. VALOR DA AVALIAÇÃO: R$406.434,00 conf.  laudo de avaliação de fls. 3531/3533. VALOR DA AVALIAÇÃO ATUALIZADO PARA NOVEMBRO DE 2019: R$ 663.967,87 ( seiscentos e sessenta e três mil novecentos e sessenta e sete reais e oitenta e sete centavos) .O imóvel será vendido “ad corpus” e no estado em que se encontra, bem como livre de quaisquer ônus. Eventual regularização e retificação de área do(s)imóvel(eis)será(ão)de responsabilidade do arrematante. DO PAGAMENTO: Serão aceitos lances para pagamento à vista e a prazo: À vista: Pagamento do valor total da arrematação em até 24 (vinte e quatro) horas contadas a partir do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial no Banco do Brasil em favor do juízo da 3ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais. A prazo: 25% (vinte por cento) do valor total da arrematação em até 24 (vinte e quatro) horas contadas a partir do encerramento do leilão, através de guia de depósito judicial no Banco do Brasil em favor do juízo da 3ª Vara de Falências e recuperações Judiciais da Capital e o restante em até 10 (dez) parcelas mensais e sucessivas atualizadas com base na tabela do Tribunal de Justiça/SP .O maior lance será o vencedor, independente da forma de pagamento (à vista ou a prazo).  DA COMISSÃO DO LEILOEIRO: A comissão do leiloeiro será de 5% (cinco por cento) sobre o valor de arrematação, a ser paga pelo arrematante no prazo de até 24 horas após o leilão, através de depósito bancário, A comissão devida ao leiloeiro não está incluída no valor do lance.O comprador pagará o produto da arrematação mais 5% de comissão ao leiloeiro de acordo com a Lei. E para que produza os efeitos de direito é expedido o presente edital que será afixado e publicado na forma da lei. São Paulo,    de                            de 2019.

 

 

Área de terras de 234,20 hectares

  • Área de terras de 234,20 hectares
StatusABERTO
Maior Lance-
Usuário-
Avaliação663.967,87
Lance mínimo331.983,94
Incremento1.000,00
Área de lances

Uma área de terras, parte da Fazenda Pombal, situada no Município de Pilar do Sul, medindo 234,20 hectares ( há) ou 96,77 alqueires paulistas, inscrita no INCRA sob nº 637.050.004.758 9, utilizada para fins de reflorestamentro com incentivo que foi proporcionado anteriormente pelo Governo Federal, devidamente descrito nas matriculas 875,876,877 e 878, do CRI de Pilar do Sul assim descritas: Matrícula 875: Lote de terras sem benfeitorias , com área de 84, 70ha (35 alqueires, situado na Fazenda Pombal, neste município e comarca, com as seguintes divisas: Começa na estaca na beira da estrada que vem de Pilar do Sul, segue por esta até encontrar a divisa de Guiti Watanabe, faz a esquerda e segue sempre dividindo com Guiti Watanabe, até a água Boa por esta água, até encontrar divisa de yokio Sugira e Naoki Yamaguchi, segue até encontrar divisas dos primitivos vendedores e por esta acima até encontrar a estaca na beira da estrada onde começou. Inscrição Cadastral INCRA 637.050.004.75; Matricula 876: lote de terra de 48,4 há, sem benfeitorias, situado na Fazenda Pombal, neste município e comarca, com as seguintes divisas: Começa na divisa de Kamematsu Sakurai, segue ate uma mina d’água, daí a direita acompanhando a água do Rio Pó, até encontrar o Ribeirão Claro, sobe por este Ribeirão dividindo com Minoru Kawauti e Yokio Sugira até o ponto de partida. cadastrado no INCRA sob nº 637.050.004.731; OBS 01 segundo Av.01 da referida matrícula consta servidão perpétua de passagem em favor de Furnas Centrais Elétricas; MATRICULA 877 : lote de terras, sem benfeitorias, de 16,94 há, , situado na Fazenda Pombal, neste município e comarca, com as seguintes divisas: Começa no Ribeirão do Claro, sobe por este até encontrar a água boa, dividindo com Guiti Watanabe, sobe água boa até encontrar a divisa de kamimatsu Sakurai,; faz canto à direita, dividindo com Minoru Kawauti, até o Ribeirão do Claro, sobe por este ponto até o ponto de partida, Cadastrado no INCRA 637.050.004.740; MATRÍCULA 878: lote de terra de 16,94 há, sem benfeitorias, situado na Fazenda Pombal, neste município e comarca, com as seguintes divisas: Começa no Ribeirão Claro na divisa de Kaori Yamagutti, segue até encontrar a divisa de Yokio Suguira, faz canto à esquerda até encontrar a água do Ribeirão Claro e desce até o ponto de partida. Cadastrado no INCRA sob nº 637.050.004.162. MATRÍCULA 879: Imóvel com área de 67,22,76 há, ou sejam, 27 alqueires, ¾ e 726,00 m², situado no bairro de Pombal , antiga Fazendo pombal, neste Munícpio e Comarca, com as divisas e confrontações seguintes: partindo da confluência da Agua Boa, com o Ribeirão Claro, segue por estes ribeirão até a embocadura do córrego B; daí segue este córrego acima a cabeceira e depois pela grota seca até a cabeceira da mesma grota, onde se acha o marco 44; daí segue uma linha reta com azimuth de 37°75” SO, 275,00 m até o marco 51; aí deflete a direita e segue uma linha reta , com azimuth de 58° 50” S O, 100,00 até marco 33 , na beira da estrada confrontando até ai com o lote nº 1 A; daí segue 100,00 m pela estrada para a direita até o marco 55, confrontando com o lote nº 2D; daí segue por uma linha reta com azimuth de 35° NE , 390 m até o marco 42-a; daí deflete para a esquerda e segue por uma linha reta com o azimuthde 9° 60” NO, 254,00 mm até o marco 42, cravado na cabeceira de um pequeno córrego; daí segue por esse córrego abaixo até a sua confluência com o Ribeirão Claro, ponto de partida confrontando aí até ai com o lote  ; daí   Segundo o laudo Cde avaliação o reflorestamento foi colhido há muitos anos, não tendo havido novos investimentos e nem mesmo preservação da área, que com o crescimento da vegetação nativa, transformou-se em área de preservação ambiental, portanto, proibida de ser manipulada  com o corte de sua vegetação. Ainda segundo o perito a única utilidade da área é para investidores que tem em vista incentivos fiscais. Em época de chuvas à área se torna inacessível. VALOR DA AVALIAÇÃO: R$406.434,00 conf.  laudo de avaliação de fls. 3531/3533. VALOR DA AVALIAÇÃO ATUALIZADO PARA NOVEMBRO DE 2019: R$ 663.967,87 ( seiscentos e sessenta e três mil novecentos e sessenta e sete reais e oitenta e sete centavos) .O imóvel será vendido “ad corpus” e no estado em que se encontra, bem como livre de quaisquer ônus. Eventual regularização e retificação de área do(s)imóvel(eis)será(ão)de responsabilidade do arrematante.

Indisponível

Indisponível

Indisponível
Últimos lances superados
LoginValorDataTipo
Este lote ainda não teve lances superados
Relação de lances por usuário
LoginIPTotal de lancesMaior lance
Este lote ainda não recebeu lances